Polícia encontra casa repleta de animais mortos


Por Marcela Couto (da Redação)

A polícia da cidade de Abingdon, no Reino Unido, recebeu uma denúncia anônima sobre distúrbios em uma vizinhança, mas, em vez de encontrar uma ocorrência comum, os oficiais que foram até o local se depararam com “a coisa mais nojenta que já haviam visto na vida”.

A casa, aparentemente comum, que foi encontrada repleta de animais mortos

A polícia invadiu a casa de dois andares na Rua Monmouth depois de Rebecca Geier, 38, telefonar denunciando uma violência sofrida pelo marido.

A mulher e seus dois filhos haviam abandonado a casa e a ligação havia sido feita de uma casa vizinha. Os relatórios iniciais diziam que o marido abandonou o local.

Quando o policial chegou até o local, ele não encontrou o marido. Por outro lado, encontrou uma casa “repleta de fezes, moscas e sete ou oito animais mortos”, de acordo com o chefe de polícia Fred Andrews. Alguns corpos de animais, entre cães e gatos, estavam em decomposição avançada. Não se sabe ao certo até o momento o que os matou.

“Era difícil demais até entrar na casa”, disse Andrews. “O cheiro era tão ruim que nossa equipe não conseguiu permanecer no local, poderia ser tóxico. Não podíamos sequer pisar na varanda”.

Andrews disse que a família de quatro membros estava vivendo com pelo menos oito animais vivos, incluindo três grandes cobras. Todos os animais foram recolhidos pelo controle de animais local.

Até a manhã de segunda-feira, o marido não foi encontrado. As crianças do casal estão sob custódia dos avós, a mãe está sendo acusada de crueldade animal grave e maus-tratos contra seus filhos, devido ao ambiente imundo em que os manteve.

A cidade acionou o Knox County Health Department para decidir o destino da casa. As buscas pelo marido de Geier continuam.

Com informações de Galesburg.com/ Foto por Wgil.com


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>