Dois rapazes espancam cão até a morte, gravam o assassinato e postam na internet

silvana
julho 1, 2009

(da Redação)

A maldade humana não tem limites e o mais assustador é que as atrocidades estão sendo postadas na internet para quem quiser assistir e para orgulho desses assassinos psicopatas. Um vídeo que está circulando na rede mostra dois jovens espancando um cão até a morte na praia de Quintão, litoral norte do Rio Grande do Sul (RS). As imagens são terríveis, cruéis, revoltantes, covardes, nenhuma palavra traduz a cena abjeta que se vê. 

Uma denúncia anônima levou os policiais até os autores do crime. Os investigadores receberam a informação de que um vídeo mostrando a morte de um cão a pauladas na praia de Quintão, feito por moradores, estaria circulando pela internet.  Os rapazes, com idades entre 19 e 21 anos, foram identificados e ouvidos esta tarde (01).

Em depoimento eles afirmaram que a ordem para matar o cão partiu da tutora do animal. Ela teria dito que o cachorro atacou galinhas que vivem no pátio da casa. O crime aconteceu no dia 19 de junho e o vídeo foi publicado sete dias depois. Amanhã, a tutora do animal deve prestar depoimento. O delegado Peterson Benitez ficou chocado com as imagens.

A princípio, os três rapazes vão responder pelo crime de abuso e maus-tratos de animais silvestres e domésticos, artigo 32 da lei de crimes ambientais. A pena pode chegar a um ano de detenção. No caso de morte do animal, a pena tem um acréscimo de um sexto a um terço. Mas o delegado não descartou que os assassinos sejam indiciados por outros crimes, o que aumentaria a condenação:  “Uma punição na medida justa da crueldade”. O inquérito deve ser concluído em até 15 dias.

* com informações do Azucrinando


Você viu?

Escute Foto: Instagram @saminthewild_

Escute Pixabay O aquecimento

Escute Pixabay Os guepardos

Escute Shutterstock Fernanda* tem

Escute Divulgação A grande

Pixabay Líderes mundiais estão

Pixabay Fornando Tortato normalmente

Ativistas em defesa dos

Lincoln e seu amigo

Escute Pixabay Uma superenzima


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"cf6ff":{"name":"Main Color","parent":-1},"73c8d":{"name":"Dark Accent","parent":"cf6ff"}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"cf6ff":{"val":"rgb(243, 243, 243)","hsl":{"h":0,"s":0.01,"l":0.95}},"73c8d":{"val":"rgb(217, 216, 216)","hsl_parent_dependency":{"h":1,"l":0.85,"s":-0.05}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
OK
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
>