Morre golfinho resgatado no litoral pernambucano


(da Redação)

imagem de golfinho resgatado, mas que morreu depois

Um golfinho-rotador (Stenella longirostris), mesma espécie dos que habitam o entorno do arquipélago de Fernando de Noronha, resgatado na tarde de hoje (22) em Serrambi, litoral sul de Pernambuco, por fiscais do Ibama e do Instituto Chico Mendes de Conservação, morreu ao chegar no Centro de Mamíferos Aquáticos, em Itamaracá, PE.  Há suspeitas de que a morte tenha sido provocada pela pesca com explosivos.
 
Segundo o chefe da fiscalização do Ibama PE, Leslie Tavares, pescadores do local chamaram o instituto logo pela manhã para tentar devolver o animal ao mar. “Eles notaram que o golfinho estava atordoado e que não conseguia se manter na superfície”, informa Tavares. Um pescador chegou a ficar 4 horas segurando o golfinho, até a chegada dos fiscais, que se revezaram por mais 4 horas até o resgate completo.
 
O Ibama informa que a pesca com explosivos é altamente prejudicial a toda a vida marinha, além de ser uma atividade desleal com os próprios pescadores. Cada explosão é capaz de matar espécimes de todos os tamanhos num raio de até 200 metros.
 
Denúncias devem ser feitas pelo telefone 0800 61 8080, a ligação é gratuita.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

TRATAMENTO

PROTEÇÃO ANIMAL

CRUELDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>