Vítimas da crueldade humana

Moradores e ambientalistas denunciam extermínio de lontras em Vila Velha (ES)

Moradores e ambientalistas de Vila Velha, no Espírito Santo, encontraram uma lontra morta, na tarde desta sexta-feira (15/5), no Rio Jucu, no município. Esta não é a primeira vez que um animal da espécie é encontrado morto na região do Parque Jacaranema.

De acordo com denúncias de moradores, em menos de dois anos já foram mortos quatro animais. A ação é atribuída a caçadores que estariam exterminando os mamíferos, em alguns casos, por simples diversão.

“Tem gente aqui que mata esses bichos até por diversão. Afinal de contas a carne de lontra não serve para comer”, afirmou uma pessoa que tem medo de ser identificada pois já recebeu ameaça de morte por tomar partido da causa.

Animal foi encontrado morto no Rio Jucu

No período de um ano e oito meses, quatro lontras foram encontradas mortas nas proximidades no Parque de Jacaranema. Pesquisadores ambientais informaram que as biópsias e necropsias dos animais foram realizadas no Centro Universitário Vila Velha (UVV), por profissionais do curso de Medicina Veterinária.

Dois dos quatro mamíferos encontrados mortos apresentaram resíduos de pólvora e chumbo. A lontra encontrada nesta sexta estava com oito projéteis. O animal ainda apresentava avançado estado de decomposição.

Segundo o secretário de meio ambiente da prefeitura de Vila Velha, João Nardoto, o parque está em processo de delimitação e ainda não está definida a área total. Muitos terrenos do entorno estão em fase de desapropriação e Jacarenema ainda está sem uma sede. O trabalho de preservação do local é feito em parceria com diveras ONGs. A última fiscalização realizada na área foi no mês passado e a próxima está prevista para o mês de junho.

As ações acontecem integradas aos órgãos de proteção ao meio ambiente – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) e o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos (IEMA).

Saiba como denunciar
Anote os números de telefone dos órgãos ambientais para denunciar crimes contra o meio ambiente:

Iema – Dique-denúncia: (27) 3136-3492

Ibama – Linha Verde: 0800-61808

Fonte: Gazeta Online

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui