Vítimas da crueldade humana

Moradores e ambientalistas denunciam extermínio de lontras em Vila Velha (ES)

Moradores e ambientalistas de Vila Velha, no Espírito Santo, encontraram uma lontra morta, na tarde desta sexta-feira (15/5), no Rio Jucu, no município. Esta não é a primeira vez que um animal da espécie é encontrado morto na região do Parque Jacaranema.

De acordo com denúncias de moradores, em menos de dois anos já foram mortos quatro animais. A ação é atribuída a caçadores que estariam exterminando os mamíferos, em alguns casos, por simples diversão.

“Tem gente aqui que mata esses bichos até por diversão. Afinal de contas a carne de lontra não serve para comer”, afirmou uma pessoa que tem medo de ser identificada pois já recebeu ameaça de morte por tomar partido da causa.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

No período de um ano e oito meses, quatro lontras foram encontradas mortas nas proximidades no Parque de Jacaranema. Pesquisadores ambientais informaram que as biópsias e necropsias dos animais foram realizadas no Centro Universitário Vila Velha (UVV), por profissionais do curso de Medicina Veterinária.

Dois dos quatro mamíferos encontrados mortos apresentaram resíduos de pólvora e chumbo. A lontra encontrada nesta sexta estava com oito projéteis. O animal ainda apresentava avançado estado de decomposição.

Segundo o secretário de meio ambiente da prefeitura de Vila Velha, João Nardoto, o parque está em processo de delimitação e ainda não está definida a área total. Muitos terrenos do entorno estão em fase de desapropriação e Jacarenema ainda está sem uma sede. O trabalho de preservação do local é feito em parceria com diveras ONGs. A última fiscalização realizada na área foi no mês passado e a próxima está prevista para o mês de junho.

As ações acontecem integradas aos órgãos de proteção ao meio ambiente – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) e o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos (IEMA).

Saiba como denunciar
Anote os números de telefone dos órgãos ambientais para denunciar crimes contra o meio ambiente:

Iema – Dique-denúncia: (27) 3136-3492

Ibama – Linha Verde: 0800-61808

Fonte: Gazeta Online

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui