Suspeito de matar 58 animais com crueldade é preso na Alemanha


A polícia de Dortmund, no oeste da Alemanha, prendeu na madrugada desta sexta-feira (15/05) um rapaz de 26 anos suspeito de matar pelo menos 58 animais, tendo invadido 23 criadouros da região em torno da cidade nos últimos 16 meses.

Desde o começo do ano passado, uma série de criadouros, principalmente de coelhos, vinha sendo assaltada de madrugada. O criminoso roubava vários animais e deixava outros sem cabeça. Frequentemente, o sangue também era drenado dos bichos.

A série de crimes, com requintes de crueldade, vinha assustando a região de Dortmund e fez com que a polícia criasse uma força-tarefa especial para investigar o caso.

A polícia investigou os torsos dos animais na tentativa de encontrar traços de DNA e os policiais chegaram a entrevistar mais de 300 pessoas sobre os casos. Os policiais temiam que o responsável pelo ataque contra os animais pudesse começar a atacar pessoas. Até mesmo uma possível ligação com a prática ritos satânicos vinha sendo cogitada pelos investigadores, devido às características brutais dos crimes.

O suspeito recebeu voz de prisão quando entrava em casa com duas caixas contendo 11 porquinhos da Índia roubados. Na residência do suspeito, a polícia encontrou diversos animais vivos e mortos. Devido ao estado e ao cheiro de putrefação do apartamento, bombeiros tiveram que desinfetar o local vestindo máscaras e roupas especiais.

A mãe e a irmã do suspeito, que moravam com o rapaz, foram levadas a um hospital para fazer exames de saúde.

Fonte: O Estado de São Paulo


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

HABITATS DESTRUÍDOS

TRISTEZA

AVANÇO

ESTELIONATO

MALDADE

ESTADOS UNIDOS

FEBRE AMARELA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>