De volta ao lar

Ibama devolve à natureza 80 animais silvestres (DF)

Mais de 80 animais silvestres foram devolvidos ao seu habitat natural pelo Ibama/DF na manhã desta quinta-feira (9). Cerca de 50 pássaros, várias serpentes e alguns jabutis foram reintroduzidos na Área de Proteção Ambiental (APA) da Cafuringa, a mais de 50 km do Plano Piloto, após meses recebendo tratamento no Centro de Triagem do Ibama, na Floresta Nacional de Brasília.

Onze araras foram transferidas para a fazenda Chapada Imperial, uma reserva ecológica privada parceira do Ibama, que fica entre o Parque Nacional de Brasília e a APA da Cafuringa. Lá elas se juntaram a outros 23 exemplares da espécie para serem ressocializadas e reaprenderem a caçar e voar grandes distâncias. Daqui a aproximadamente um mês elas devem ser soltas na APA.

Já as outras espécies de pássaros, como os visados periquitos, as serpentes, como a cascavel, jiboia, cobra-cipó e falsa-coral, e os jabutis foram devolvidos à natureza em uma parte mais fechada da Cafuringa, já perto da APA do Planalto Central, que vai até a Chapada dos Veadeiros.

Todos os animais são naturais do Cerrado e estão repovoando a área, cuja fauna estava degradada, segundo Anderson do Vale, coordenador do Centro de Triagem do Ibama. Um casal de raposas também seria solto hoje, mas os biólogos do Ibama chegaram à conclusão de que os bichos ainda não estavam prontos para caçar seu próprio alimento na natureza.

A comunidade das fazendas que cercam esta grande área de cerrado preservado também foi avisada para o caso de encontrarem animais silvestres em suas propriedades. Nesse caso, o bicho devem ser encaminhados novamente para o Ibama.

Tráfico

Os animais mais visados pelos criminosos são as araras, os periquitos e os jabutis, mas bichos grandes, como algumas espécies de macacos, por exemplo, também são encontrados pelo órgão em pontos de venda e propriedades privadas.

Fonte: Clic Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui