Crime contra animais

Caçadores abatem mais de vinte animais em Angola

Vinte e dois animais entre pacaças, veados e gazelas foram abatidos de janeiro a março deste ano, pelos caçadores, na comuna de Cambandua, cidade angolana 52 quilômetros ao sul da cidade do Kuito, província do Bié, na Angola.

A informação foi divulgada hoje (9/4) no Kuito, pelo chefe do Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF) no Bié, sublinhando que a instituição conseguiu apreender grande quantidade de carne vinda da ação nociva dos caçadores da região.

No momento da fiscalização do IDF, os caçadores – supostamente um oficial das Forças Armadas Angolanas e outro da Polícia Nacional – puseram-se em fuga.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Foi possível detectar os transgressores graças ao trabalho de rotina dos fiscais da instituição, associado à colaboração da população da vila.

A instituição deve continuar a dedicar esforços no sentido de proteger a flora e a fauna local e impedir que outros animais sejam abatidos daqui pra frente.

A insuficiência de fiscais e outros meios de apoio continuam a preocupar o IDF. Atualmente a instituição tem sete fiscais.

Fonte: Angola Press

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui