Macacos-prego são devolvidos à natureza pelo Ibama


O Ibama vai devolver à natureza 21 macacos-prego que estavam sendo criados em residências de Pernambuco. De acordo com o Ibama, a criação deste tipo de animal é proibida por lei, sob pena de pagamento de multa de até R$ 500 e prisão por até um ano.

Os técnicos fizeram a retirada dos bichos na Avenida 17 Agosto, no bairro de Casa Forte, zona norte do Recife. Os macacos serão levados à Paraíba, onde serão soltos em uma mata, na qual é realizado um projeto experimental.

“Muitas pessoas criam este tipo de animal e depois acabam se cansando do bicho e deixando aqui no Ibama. No caso do macaco-prego, ele é um animal arisco e até nos zoológicos fica difícil conseguir lugar para eles”, explicou o técnico do Ibama, Airton de Grande.

O técnico lembra os riscos de criar animais silvestres. “Esses animais são perigosos em casa, não se adaptam, mordem, podem transmitir doenças como herpes, sífilies e raiva, ou pegar doenças e morrer”, disse. Ele informou ainda que os próprios donos devolveram os macacos.

Para denunciar, basta ligar para o telefone do Ibama: 0800-61-8080

Fonte: Globo


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

TRATAMENTO

PROTEÇÃO ANIMAL

CRUELDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>