Sobre a ANDA


A ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais é o primeiro veículo jornalístico do mundo que combate a violência social e a destruição do meio ambiente a partir da defesa dos direitos animais. Difundimos na mídia os valores universais de uma nova cultura, para uma nova sociedade – mais ética, mais justa, pacífica e preocupada com a defesa e a garantia dos direitos animais.

Em quase dez anos de atividade, em seu compromisso diário com a informação e com os animais, a ANDA trouxe os direitos animais para o centro da mídia, inaugurando o jornalismo animalista como categoria na imprensa brasileira. Com pioneirismo, seriedade e coragem, a ANDA incorporou à notícia uma visão de mundo que reconhece o valor inerente da vida não humana, especialmente dos animais não humanos.

Ao oferecer a notícia sob um ponto de vista inclusivo, resgatar a diversidade e inserir os animais na realidade cotidiana do jornalismo, a ANDA tem dado a sua contribuição à sociedade para a percepção e pertinência de valores éticos pouco ou jamais  questionados, assimilados até então de forma superficial e vinculados a tradições superadas e a interesses econômicos.

Princípios:

Cultura de Paz / Não violência
Ética
Respeito à natureza
Coragem de defender a causa
Justiça
Perseverança

Valores:

Compaixão
Consciência sobre a interrelação entre todos os atores
Busca de excelência
Veganismo
respeito
Paz entre todos os seres

O QUE FAZEMOS:

Sob a perspectiva dos direitos animais e da sustentabilidade, produzimos conteúdo informativo relevante, preciso e qualificado, que convida à reflexão, à interação e a uma atitude de transformação, individual e coletiva, para a construção de uma nova sociedade em seu convívio entre as espécies – alinhada ao novo paradigma emergente, que passa a enxergar o mundo como uma rede de fenômenos interconectados e interdependentes.  

Atuamos de forma multidisciplinar e em rede com os nossos públicos e parceiros, conectados com os novos valores de um mundo que privilegia a sustentabilidade, a inclusão e horizontalidade, o compartilhamento, a colaboração e a parceria.

MANIFESTO:

Ao completarmos dez no ar como o primeiro e maior portal de notícias sobre animais, reafirmamos nossa essência, princípios e valores. Alinhados à emergência de uma nova consciência – a qual ajudamos a despertar – em defesa dos direitos animais e do meio ambiente, a ANDA renova-se como principal veículo jornalístico do Brasil em seu segmento, definindo novos objetivos e desafios, buscando a excelência, o reconhecimento global e a sustentabilidade de sua marca.

MANIFESTO ANDA 10 ANOS:

Os direitos animais na pauta 24 horas por dia, sete dias por semana,  mais de uma década no ar!

Números de um jornalismo dedicado a dar humanidade e visibilidade a vidas não humanas.

Os animais no centro da mídia, e o compromisso incondicional com toda a informação que lhes diz respeito.

Levantando questões com sensibilidade, coragem, ética e profundidade. Abraçando causas e valores, despertando consciências.

Aos que não têm voz, uma imprensa que tem lado. E opinião.

O jornalismo que coloca em xeque os mundos aceitos como verdadeiros – para que sejamos livres, mas, principalmente, para que possamos libertar.

A informação que leva à reflexão. A atitude que transforma o homem que destrói e aprisiona no homem que respeita e cuida.

ANDA 10 anos.

Informar para transformar.

CONQUISTAS E VITÓRIAS:

Dedicamos este espaço às conquistas e vitórias da causa animal como um todo. Ao elencar, guardar e divulgar conquistas e vitórias, a ANDA dá uma importante colaboração no sentido de construir um registro formal da evolução do movimento em defesa dos animais, da sociedade e do próprio ordenamento jurídico, que vem se atualizando e se apresentando cada vez mais inclusivo e sensível aos direitos animais, mundialmente, ainda que haja muito a avançar. Em toda a nossa história, encampamos ações, ou por iniciativa própria (ajuizamento de ações pela ANDA, petições públicas e outros) ou aderindo e divulgando. Navegue e fique por dentro das ações em curso e das conquistas obtidas.

deos Institucionais

[elementor-template id=”1382″]