ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
  • Compartilhe

Texto

Direitos dos Grandes Primatas - Pedro A. Ynterian

O crime do Alemão

30 de julho de 2012 às 18:40

Livro

Seu esqueleto está exposto como um troféu. É o único que sobrou de uma vitória pírrica de um grupo de seres humanos, que talvez não deveria ser elevado a esta categoria, pois tem deixado atrás de si um monte de cadáveres de seres inocentes, explorados em suas trágicas vidas.

A história de Alemão, o chimpanzé que viveu no Zoológico do Município de Americana em uma minúscula ilha durante mais de 15 anos, isolado de seus iguais, se cruza com a história de luta contra a exploração de grandes primatas em zoológicos e circos no país e no mundo.

Alemão não teve a sorte de mais de 80 grandes primatas que hoje vivem em Santuários no Brasil, e que foram arrancados um a um das garras – não se pode falar de outra forma – dos que se negavam a deixar de lucrar com a exploração animal, nos circos disfarçados de transmissores da cultura popular e nos zoológicos, transvestidos de difusores da educação ambiental.

Alemão foi descoberto por nós, do Projeto GAP, e pelo biólogo Luiz Padulla, quase ao mesmo tempo. Aquele ser juntou os esforços de ambos, ao que se somaram outras pessoas e organizações, para acabar com o sofrimento que ele padecia.

Frente a nós e ao futuro de Alemão, formou-se uma aliança do que existe de mais retrógrado na sociedade, pessoas que ignoram os juramentos de suas profissões, de veterinários, biólogos, advogados, e tentaram, com sucesso macabro, evitar que este chimpanzé se convertesse num ícone, como outros que foram salvos, da luta de milhões de pessoas pela defesa dos grandes símios e dos animais em geral.

A história de Alemão está agora escrita, no preto e no branco, por aquele que o conheceu como estagiário no Zoológico de Americana, e o defendeu em vida e até após a morte, para que não fosse convertido num esqueleto ignorado em um museu de quinta categoria.

“ALEMÃO: VERDADES QUE NÃO FORAM DITAS”, por Luiz Fernando Leal Padulla, é o tributo de um biólogo humano a seu irmão chimpanzé, e a história de sua luta obsessiva por salvá-lo, assim como a de dezenas de outros grandes primatas que sucumbiram ante a cobiça e a vaidade humana. A história de Alemão que Padulla conta é, para muitos, inacreditável, porém é real; nós sofremos junto com ele, já que também éramos os alvos a serem destruídos.

A todos aqueles interessados na saga que é a luta pelos Direitos dos Animais, recomendamos sua leitura. Lá poderão conhecer quem é quem nesta luta que nunca termina.

ALEMÃO: VERDADES QUE NÃO FORAM DITAS, por Luiz Fernando Leal Padulla, Editora Virtual Books, Julho 2012. E-mail:[email protected] Fone: (37) 3231-6653. Brasil
E-mail do autor – Luiz Fernando Leal Padulla: [email protected]

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Yossefe

ceu limpo

Todo trabalho que eleva o padrão vibratório e através da perseverança, da fé e boa vontade é merecedor do respaldo do ma

Yossefe
Pelo médium irmão Gilberto

Pelo médium irmão Gilberto

Janine Borba

Janine Borba

Dizem que quem não gosta de samba bom sujeito não é, pois eu acho que quem não gosta de bichos bom sujeito não é! Eu que

Janine Borba
Jornalista e apresentadora

Jornalista e apresentadora

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: