ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
  • Compartilhe

Texto

Conteúdo ANDA

Cão pede ajuda a policiais e salva a sua tutora

24 de fevereiro de 2016 às 19:00

Por Matt Agorits/Free Thought Project (Tradução: Ana Rita N. Hermes/ANDA Agência de Notícias de Direitos Animais)

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Uma história incrível numa manhã de sexta-feira começa com um cão Labrador preto chamado John Boy se aproximando de um policial.

O policial de Germantown, Jeff Gonzalez, merece crédito não somente por se recusar a fazer o que tantos outros policiais fazem quando um cachorro se aproxima deles, mas também por sair naquele frio congelante para ver porque este cachorro estava solto.

“Ele ficou parado lá e latiu um pouco, então eu abri a janela do carro e chamei ele. Ele abanou o rabo e ficou mais amigável, até que eu saí do meu carro. E então ele correu um pouco“, disse Gonzalez.

Aparentemente, John Boy estava tentando conseguir a atenção do policial num esforço para ajudar a sua tutora. As informações são do Free Thought Project.

“Sim, com certeza. Ele me conduziu na direção certa”, disse Gonzalez.

John Boy levou o policial pela rua até a casa onde sua tutora, Krystal, estava imóvel. Krystal, que sofre de problemas cardíacos, estava curvada sobre uma cadeira do lado de fora da porta de entrada da casa, ainda de pijama. E estava perigosamente frio lá fora.

“Para ser sincero, eu achei que ela estivesse morta. E então, quando eu cheguei até ela, ela estava muito fria; seus lábios estavam azuis. Mas eu consegui determinar que ela estava respirando e que tinha pulso. Chamei ajuda e meu parceiro estava perto. Juntos, nós a colocamos dentro de casa”, disse ele.

“Basicamente, o que ele me disse era que eles pensaram que ela estivesse morta”, disse Tianne Wendt, filha de Krystal sobre o telefonema inicial do policial.

Graças a este cachorro milagrosamente leal e a um policial que desafiou as probabilidades, Krystal agora está estável em um hospital local e John Boy não congelou de frio. Esta dupla improvável transformou potenciais lágrimas de tristeza em lágrimas de alegria.

E se não bastasse isto, a família contou ao Fox 8 News que eles adotaram John Boy. Ele havia sido devolvido três vezes por três famílias antes de ser adotado pela tutora cuja vida ele veio a salvar.

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Suprema Mestra Ching Hai

SMCH+3

O prêmio de Compaixão Mundial foi concedido em reconhecimento às brilhantes conquistas da Agência em informar o mundo do

Suprema Mestra Ching Hai
Líder mundial humanitária

Líder mundial humanitária

Anderson Furlan

anderson furlan

Durante muito tempo estive preso em uma armadilha montada por séculos de tradição aristotélica e impulsionada pelos desv

Anderson Furlan
Juiz Federal, Mestre e Doutorando, Professor de Direito Ambiental

Juiz Federal, Mestre e Doutorando, Professor de Direito Ambiental

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: