ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
  • Compartilhe

Texto

DIREITOS DOS GRANDES PRIMATAS - PEDRO A. YNTERIAN

A novela dos chimpanzés norte-americanos

24 de janeiro de 2013 às 13:20

Por Dr. Pedro Ynterian – Presidente Projeto GAP Internacional

Foto: Divulgação

Apesar das pressões da sociedade Norte-Americana para acabar com o uso dos chimpanzés em experiências médicas, o NIH (Instituto de Saúde dos Estados Unidos) tenta fazer com que a decisão demore a ser tomada, para continuar com o negócio que tem com vários centros de tortura e que financia a fim de manter os chimpanzés na ativa.

Em dezembro de 2010, o NIH solicitou, a partir de um chamado do Instituto de Medicina (IOM), um parecer sobre a utilidade dos chimpanzés na pesquisa médica, apesar de saber qual seria a resposta. O IOM demorou um ano para dar uma resposta, negando a utilidade dos primatas na investigação biomédica.

Ao receber a resposta, o Dr. Francis Collins, Diretor do NIH, anunciou que acolheria as recomendações do IOM, porém criou outro grupo chamado COC (Council of Councils Working Group on then use of Chimpanzees in Research) para implementar as recomendações do IOM.

Um ano depois, o COC enviou suas conclusões ao Dr. Collins, recomendando que 90% dos chimpanzés sejam aposentados da pesquisa médica e, num prazo de 3 a 5 anos, fossem transferidos a Santuários. O informe desse Grupo de Trabalho declara: “pesquisa envolvendo chimpanzés raramente tem acelerado novas descobertas no avanço do tratamento de infecções que afetam a saúde humana”. E acrescenta: “não existem razões científicas que fundamentem manter uma grande reserva de populações de chimpanzés, que possam ser usados na investigação biomédica”. O informe recomenda: “manter um grupo de 50 chimpanzés como reserva para pesquisa futura”. A cada 5 anos este número será revisado.

Como se vê, o NIH continua considerando os chimpanzés  como objetos em suas tenebrosas mãos, para usar como desejar, quando o considere produtivo.

Esta “novela”, criada pelo Dr. Collins e seus companheiros, para continuar promovendo a tortura de seres indefesos e inocentes, vai se prolongar por mais algum tempo, possivelmente anos. Agora dão um prazo de 60 dias para responder às recomendações encaminhadas pelo Grupo de Trabalho.

Na realidade, os Estados Unidos é o único país responsável no mundo, por assim chamá-lo, que continua usando grandes primatas em tortura médica. Toda a Europa e dezenas de muitos outros países já o proibiram e até dezenas de indústrias farmacêuticas também renunciaram a usá-los como modelo de pesquisa clínica. Por que a insistência do NIH de protelar uma decisão, que já tem um consenso mundial? Qual é o interesse do Dr. Collins e da direção do NIH em manter chimpanzés em centros de tortura, financiados com os impostos do povo Norte-Americano, para usá-los quando eles bem entender? Acho que a tolerância da sociedade a esta novela sem fim deve acabar e uma investigação para valer deve ser instaurada para descobrir quem está ganhando nesta exploração terrível de centenas de seres que vivem trancafiados em laboratórios médicos, submetidos às torturas mais cruéis.

NIH: PARE DE TORTURAR PRIMATAS!

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Jooji Hato

jooji mila

A imprensa amplifica a voz e as lutas da sociedade e muitas vezes é fator decisivo na pauta da agenda política dos gover

Jooji Hato
Deputado estadual PMDB/SP

Deputado estadual PMDB/SP

Eurípedes Kühl

Eurípedes Kühl

Desde criança tenho respeito e amor pelos animais. Assim, todos que como eu têm compaixão e protegem nossos irmãos do re

Eurípedes Kühl
Escritor espírita

Escritor espírita

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: