ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
  • Compartilhe

Texto

Resende/RJ

Campanha contra cinomose vacina quase 200 cachorros

22 de agosto de 2012 às 12:40

A ação visa a erradicação da cinomose no entorno do bairro Toyota. (Foto: Divulgação/SOS 4 Patas)

A terceira edição da campanha ‘Cinomose aqui não’ vacinou gratuitamente 180 cachorros contra a doença, no último domingo. Os animais foram imunizados também contra leptospirose, hepatite e adenovirose. A iniciativa é da clínica SOS 4 Patas, com patrocínio da Merial Brasil, uma das empresas líderes em saúde animal em todo o mundo, e apoio da Sociedade Mundial de Proteção Animal (WSPA).

De acordo com a diretora da SOS 4 Patas, Alba Bento, a ação visa a erradicação da cinomose no entorno do bairro Toyota. “Ainda é um trabalho local, 30% dos animais da região foram diagnosticados com o vírus. Estamos livrando a área da doença. Mas o ideal é que todos os tutores vacinem seus animais”, disse.

A cinomose é uma doença viral, altamente contagiosa, que pode atingir vários órgãos e, frequentemente, leva à morte filhotes e adultos. O custo da vacina varia de R$ 50 a R$ 80. A campanha beneficia a vacinação de animais de famílias de baixa renda cadastradas. “O veterinário da família foi de casa em casa e identificou as famílias com esse perfil. Nós não podemos doar para todos, mas é importante ressaltar que é mais barato pagar a vacina do que a tentativa de tratamento”, informou Alba.

Não há medicamento específico para o tratamento a doença, o que torna a cura mais difícil. O cachorro doente deve ser isolado para receber tratamento de apoio e antibióticos para auxiliar no combate a infecções secundárias. A campanha informa ainda que filhotes não têm bom prognóstico de recuperação, com taxa de mortalidade bem alta. O tratamento de apoio é feito com a reposição de líquidos perdidos durante a doença, além de oferecer um ambiente limpo e com temperatura agradável.

Se a cinomose evoluir para os estágios finais sem que o cachorro receba tratamento, pode haver danos neurológicos difíceis de tratar, sendo que o veterinário pode sugerir o sacrifício do animal. Os animais em tratamento podem continuar a espalhar o vírus por várias semanas, mesmo depois do desaparecimento dos sintomas.

Os primeiros sintomas da cinomose são: perda de apetite, falta de coordenação, vômito e diarréia, febre e apatia. O vírus é transmitido entre um animal doente e outro susceptível. Por isso, uma forma comum de contaminação ocorre em canis, onde os animais frequentam os mesmos locais e animais doentes podem ter contato com outros saudáveis ainda não vacinados. Para estarem imunizados, os filhotes devem receber três doses e adultos devem ser vacinados uma vez por ano.

Fonte: A Voz da Cidade

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Patricia Marx

patricia2

Sinto-me uma pessoa muito afortunada por ter encontrado pessoas tão bondosas neste mundo. Encontro-me hoje no lugar cert

Patricia Marx
Cantora

Cantora

Giovanna Ewbank

giovanna_ewbank

Os animais são os seres mais puros que existem, eles não podem falar, mas seu olhar já nos diz tudo! Quem dera se todos

Giovanna Ewbank
Atriz

Atriz

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: