ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
  • Compartilhe

Texto

Conteúdo ANDA

Cinco razões para desfrutar de mais refeições vegetarianas em 2016

21 de janeiro de 2016 às 18:00

Artigo: Paul Shapiro/Tradução: Dhamirah Hashim – Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Domestic Pig, Huellhorst, Germany

Se você é uma das milhões de pessoas que começam o ano pensando em metas. Bem, há uma resolução que é fácil, deliciosa e divertida – comprometer-se a desfrutar de mais refeições vegetarianas em 2016 e além.

Aqui estão cinco razões principais para reduzir ou substituir o consumo de produtos de origem animal, e refinar nossas dietas, escolhendo produtos a partir de fontes que aderem aos padrões mais elevados de bem-estar dos animais:

1. Aparente e se senta melhor.
Estudos mostram que pessoas que comem menos carne tendem a ter peso corporal saudável.

2. Economize!
A revista Time relatou este ano que “deixar de lado a proteína animal não só acrescenta anos à sua vida: Uma nova pesquisa sugere que vegetarianos podem economizar mais, pelo menos, US $ 750 do que comedores de carne por ano.”

3. Evite o abuso de animais, em vez de denúncias de abuso animal.
Denúncias em 2015 mostraram que os maus-tratos de animais são a regra, não a exceção, em fazendas-fábricas que produzem quase toda a carne, ovos e laticínios. Infelizmente, a resposta dos defensores de não foi de tentar impedir o abuso, mas de evitar a denúncia, empurrando projetos de lei ag-gag (lei de censura contra denúncias de crueldade). Você sabe que uma indústria tem muito a esconder quando quer criminalizar tirar uma foto do que estão fazendo.

4. Proteja o planeta.
A ciência é clara: se nos preocupamos com a mudança climática, temos de focar na parte inferior na cadeia alimentar. Este título de 2015 diz tudo: “Comer menos carne é única maneira de salvar o planeta.”

5. Maximize a sua chance de viver para além de 2016!
Como o Dr. Michael Greger observa em seu New York Times best-seller de 2015, “Como Não Morrer”, a maneira mais fácil de reduzir o risco de perecer dos assassinos mais comuns de americanos – como doenças cardíacas – é desfrutar de uma dieta mais baseada em plantas. Marion Nestle, Ph.D. do departamento de nutrição da Universidade de Nova York é contundente sobre o tema: “Não há dúvida de que as dietas amplamente vegetarianas são as mais saudáveis que você pode ter. A evidência é tão forte e esmagadora e produzida por um período tão longo de tempo que ela não é mais discutível.”

*É permitida a reprodução total ou parcial desta matéria desde que citada a fonte ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais com o link. Assim você valoriza o trabalho da equipe ANDA formada por jornalistas e profissionais de diversas áreas engajados na causa animal e contribui para um mundo melhor e mais justo.

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Ricardo Japinha

japinha

Depois de me tornar vegetariano, por princípios, considerando injusto ter que matar animais que teriam a vida toda pela

Ricardo Japinha
Baterista CPM22

Baterista CPM22

Eurípedes Kühl

Eurípedes Kühl

Desde criança tenho respeito e amor pelos animais. Assim, todos que como eu têm compaixão e protegem nossos irmãos do re

Eurípedes Kühl
Escritor espírita

Escritor espírita

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: