ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
  • Compartilhe

Texto

Elitização cruel

Vereadores aprovam projeto que proíbe foie gras em Goiânia (GO)

20 de fevereiro de 2016 às 21:30

Para a confecção do prato, é necessária a alimentação forçada de patos e gansos | Fotos: Reprodução/Wikipédia e Peta UK

Para a confecção do prato, é necessária a alimentação forçada de patos e gansos | Fotos: Reprodução/Wikipédia e Peta UK

Foi aprovado, em primeira votação, na Câmara de Vereadores, projeto de lei que proíbe a comercialização de foie gras em Goiânia. Tradicional na culinária francesa e vendido em algumas casas da capital, o prato é obtido a partir da alimentação forçada de gansos e patos.

O ingrediente base de um foie gras é o fígado destes animais, que quanto maior e mais gorduroso melhor para a confecção do prato. Para tanto, produtores impõem uma alimentação forçada por canos que vão direto ao estômago das aves várias vezes ao dia.

“É um prato elitizado e obtido à custa de crueldade contra animal. Não podemos aceitar essa prática oriunda de crime ambiental”, explica o vereador Elias Vaz (PSB), autor do projeto, em entrevista ao Jornal Opção.

No Brasil, São Paulo foi pioneiro na aprovação da lei que proíbe a comercialização de foie gras. Por lá, a questão levantou polêmica. Antes da sanção pelo prefeito Fernando Haddad (PT), em junho do ano passado, juristas alegaram que a matéria seria inconstitucional, pois não caberia à prefeitura legislar sobre o comércio de um tipo específico de produto, mas sim à União.

Em Goiânia, ao que tudo indica, a polêmica não será necessária. Isso porque, conforme explica Elias Vaz, a proposta vai além da venda do prato em restaurantes. “Nossa lei é totalmente constitucional, pois abrange outro aspecto, que é o direito do município de legislar sobre questões ambientais. Nossa lei não fala especificamente sobre a questão do foie gras, mas de qualquer tipo de situação que tenha como resultado a produção de alimento com crueldade animal.”

Aprovado em primeira votação, o projeto foi encaminhado para a Comissão de Meio Ambiente da Câmara e deve voltar para o plenário para segunda votação.

Fonte: Jornal Opção

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Janine Borba

Janine Borba

Dizem que quem não gosta de samba bom sujeito não é, pois eu acho que quem não gosta de bichos bom sujeito não é! Eu que

Janine Borba
Jornalista e apresentadora

Jornalista e apresentadora

Gabriela Duarte

GabrielaDuarte

É uma causa que eu acredito e apoio totalmente. Às vezes, as pessoas não sabem o que fazer, como transformar a boa vonta

Gabriela Duarte
Atriz

Atriz

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: