ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
  • Compartilhe

Texto

"Barbaridade"

Cachorro é encontrado morto com sinais de tortura em Pontes e Lacerda (MT)

20 de janeiro de 2016 às 19:00

Divulgação

Divulgação

A morte de um cachorro causou comoção nos moradores do bairro Jardim Bela Vista em Pontes e Lacerda, a 487 km de Cuiabá. O animal foi encontrado no domingo (17) já morto em uma calçada do bairro e apresentava sinais de tortura. Segundo o farmacêutico, Dians Malagutti Presutto, que encontrou o cão, parte da pele do animal parece ter sido arrancada com um objeto cortante.

Quem encontrou o animal foi a sogra do farmacêutico, que fazia caminhada nas ruas do bairro. “Ela [sogra] o encontrou e já me chamou para mostrar. Não pensei duas vezes e fotografei para cobrar das autoridades. A cena que vi é revoltante”, contou.

Ele disse que o que mais lhe causou espanto foi o fato de parte do couro do animal ter sido retirada. “Quem fez aquilo não tem coração, não é humano. Pelas marcas tudo indica que a pele foi cortada com uma faca. Não tinha marcas de acidente ou algo do tipo”, ressaltou.

Ainda segundo o farmacêutico uma ONG da cidade oferece uma recompensa em dinheiro para quem denunciar o tutor do animal. Segundo a Polícia Civil, nenhum boletim de ocorrência foi registrado para apurar o caso.

Com a foto, o farmacêutico diz que vai cobrar das autoridades a criação de uma lei municipal que ampare os animais. “Isso é revoltante. Os animais são indefesos, são amorosos e não pedem nada em troca”, declarou.

Nas redes sociais, os moradores comentaram o fato e se disseram chocados. “Se todos investigarem, chegaremos a esse monstro que cometeu essa barbaridade. Vamos compartilhar que descobrimos quem fez isso”, disse uma moradora.

Fonte: MT Agora

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Ricardo Japinha

japinha

Depois de me tornar vegetariano, por princípios, considerando injusto ter que matar animais que teriam a vida toda pela

Ricardo Japinha
Baterista CPM22

Baterista CPM22

Flávia Lippi

braços abertos

De todas as violências que sofremos, as que cometemos com mais frequência são as que cometemos contra nós mesmos. Nessa

Flávia Lippi
Jornalista, empresária e empreendedora social

Jornalista, empresária e empreendedora social

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: