ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
  • Compartilhe

Texto

Final feliz

Após se perder, gato viaja mais de 3 mil km para reencontrar tutores refugiados

19 de fevereiro de 2016 às 20:00

(Foto: Tariq Alisubh/NRK)

(Foto: Tariq Alisubh/NRK)

Um gato que ficou para trás enquanto sua família cruzava o Mediterrâneo para chegar à ilha de Lesbos (Grécia), rumo a uma vida melhor na Europa diante dos conflitos no Iraque, finalmente reencontrou seus tutores.

Meses atrás, Kunkush foi encontrado por voluntários, após se assustar e correr para longe do barco onde sua família estava. Eles se lembraram que uma família havia perdido um gato doméstico, relacionaram os fatos e decidiram fazer algo para reunir a família e o animal.

“Na época, a família contou aos voluntários o que havia acontecido e muitos ajudaram na procura pelo gato branco de olhos amarelos”, conta a voluntária Michelle Nhin em entrevista à ABC News.

Mesmo sem Kunkush, a família seguiu a viagem rumo à Noruega. Assim, os voluntários se dedicaram a cuidar do bichano, que passou a ser chamado de Dias.

O gato perdido em Lesbos (Foto: Reprodução/Twitter)

O gato perdido em Lesbos (Foto: Reprodução/Twitter)

Os voluntários divulgaram a história nas redes sociais e fizeram uma campanha para bancar os custos de um eventual reencontro. Enquanto isso, o bichano foi levado para a Alemanha para ficar temporariamente com uma família e receber cuidados médicos. Eles localizaram a família e fizeram uma videoconferência via Skype para confirmar tudo.

Com o dinheiro da campanha, ontem (18) o animal finalmente viajou mais de 3 mil km para reencontrar a família na Noruega. Em entrevista à emissora NRK, a iraquiana Suva Al Alaf descreveu o momento com um milagre. “Eu pensei que ele tivesse morrido de frio na ilha de Lesbos”, declarou ela ao reencontrar o animal. “Este é um momento indescritível – um milagre”.

Em outubro de 2015, Suva e os filhos abandonaram tudo na cidade de Mossul (Iraque), território dominado por militantes do Estado Islâmico. Com o gato em uma cesta, eles caminharam por três dias e, depois de utilizar trem, ônibus e um bote, alcançaram a ilha de Lesbos, onde perderam-se do animal de estimação.

Fonte: Rede TV

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Laerte Coutinho

Laerte-290x290

Eu acho que é da maior importância uma agência como a ANDA que traz exclusivamente notícias, informações sobre os animai

Laerte Coutinho
Cartunista

Cartunista

Luisa Mell

luisa mell

A ANDA é o único veículo de comunicação brasileiro totalmente voltado à divulgação e concientização sobre a realidade e

Luisa Mell
Apresentadora e atriz

Apresentadora e atriz

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: