ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
  • Compartilhe

Texto

Comércio de marfim

Rinoceronte é morto por caçadores em parque nacional indiano

09 de outubro de 2013 às 11:00

Rinoceronte morto foi encontrado por guardas florestais de parque nacional na Índia. (Foto: AFP Photo/STR)

Rinoceronte morto foi encontrado por guardas florestais de parque nacional na Índia. (Foto: AFP Photo/STR)

Guardas florestais do Parque Nacional Kaziranga, da Índia, retiraram de um canal o corpo de um rinoceronte, provavelmente vítima da caça na região. Os caçadores retiraram o chifre do animal, material vendido no mercado negro.

Os chifres de rinocerontes continuam sendo cotados a altos preços, especialmente na Ásia, onde são falsamente considerados possuidores de propriedades medicinais para tratamento e cura de doenças – embora não haja provas científicas da verdade contida nessa concepção, uma vez que esses chifres são feitos de queratina, a mesma das unhas e cabelos humanos. A falta de comprovação, no entanto, não impede que centenas de rinocerontes sejam massacrados todo ano. De fato, houve um aumento de 5000 % na caça de rinocerontes na África do Sul entre 2007 e 2012.

A ONG World Wildlife Fund lançou uma excelente série de cinco vídeos sobre o grande problema da caça aos animais selvagens. A #StopWildlifeCrime visa mostrar como elefantes, rinocerontes, tigres e humanos estão sendo mortos para alimentar a demanda por marfim, chifres de rinocerontes, peles e outras partes de corpos desses animais. As informações são do TreeHugger.

Com informações de G1

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Janine Borba

Janine Borba

Dizem que quem não gosta de samba bom sujeito não é, pois eu acho que quem não gosta de bichos bom sujeito não é! Eu que

Janine Borba
Jornalista e apresentadora

Jornalista e apresentadora

Gabriela Veiga

gabi

O meu apoio a ANDA é integral, de coração e alma, assim como eles são. A ANDA trata os direitos animais como eu acredito

Gabriela Veiga
Atriz

Atriz

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: