ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
  • Compartilhe

Texto

Primeiros socorros

Atropelou um animal? Não fuja, cuide!

05 de agosto de 2012 às 17:00

Motociclista se envolve em acidente com cachorra e abandona animal sem prestar socorro 

Uma cachorra bem cuidada, de porte médio, com os dentes e unhas limpos – sinais de que ela poderia ter tutor – foi atropelada em um sábado à tarde por uma moto, na cidade de Bauru (SP). Segundo testemunhas, a condutora do veículo, ao invés de prestar socorro ao animal que apresentava fratura exposta, desceu do transporte e chutou a cadela em um acesso de raiva, por ela ter atrapalhado seu caminho.

O animal recebeu alguns cuidados dos moradores da região onde ocorreu o acidente. Os cidadãos chegaram a amarrar uma tala no membro machucado e deram água e ração. No domingo, a esteticista Gleise Keller Assumpção saiu à rua para ver a apresentação da Esquadrilha da Fumaça e acabou se deparando com a cachorra acidentada, que estava abrigada ao pé de uma árvore. Os vizinhos contaram à Gleise o ocorrido. Segundo a esteticista, ela tentou entrar em contato com o Centro de Zoonoses, mas ninguém atendeu a ligação. Ela tentou também o Corpo de Bombeiros, mas não conseguiu ajuda.

Gleise conseguiu o auxílio do Instituto Vidadigna de Bauru, através da secretária Bábara Beatriz Schuler que resgatou a cadela e levou-a uma clínica veterinária. Ao mesmo tempo, Bárbara anunciou o caso na internet, em busca de um possível tutor da cadela.

Porém, como a cachorra demorou muito tempo para receber os devidos cuidados, ela não resistiu aos ferimentos e morreu na segunda-feira.

A atitude da motorista da moto, relatada pelas testemunhas, causou revolta na internet. “Que Deus tenha piedade desta horrenda pessoa”, foi um dos comentários sobre o fato. “Eu acho que isso é ignorância e falta de amor. Tudo bem que a pessoa deve ter ficado nervosa porque quase caiu da moto, mas nada justifica a violência”, diz Bárbara que já perdeu a conta de quantos animais resgatou na vida, em companhia da mãe Beatriz Schuler.

Se a motorista tivesse sido solícita ao sofrimento da vítima, ela poderia ter seguido algumas dicas sobre como prestar primeiros socorros à animais.

Infelizmente, atropelamentos é uma emergência comum no mundo animal. Este tipo de acidente pode vir a causar rompimento de órgãos, fraturas, hemorragias internas e lesões graves na coluna vertebral.

Fonte: Rede Bom Dia

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Derrick Green

derrick

Essa compaixão que é necessária em relação aos animais, também é importante para as pessoas. Para mim é muito importante

Derrick Green
Vocalista do Sepultura

Vocalista do Sepultura

Ricardo Young

ricardo young

Não há como construirmos uma sociedade sustentável se não nos reconectarmos com a vida em suas mais diversas manifestaçõ

Ricardo Young
Vereador (PPS/SP), empresário e um dos fundadores do Ethos

Vereador (PPS/SP), empresário e um dos fundadores do Ethos

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: