ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
  • Compartilhe

Texto

Primeiros socorros

Atropelou um animal? Não fuja, cuide!

05 de agosto de 2012 às 17:00

Motociclista se envolve em acidente com cachorra e abandona animal sem prestar socorro 

Uma cachorra bem cuidada, de porte médio, com os dentes e unhas limpos – sinais de que ela poderia ter tutor – foi atropelada em um sábado à tarde por uma moto, na cidade de Bauru (SP). Segundo testemunhas, a condutora do veículo, ao invés de prestar socorro ao animal que apresentava fratura exposta, desceu do transporte e chutou a cadela em um acesso de raiva, por ela ter atrapalhado seu caminho.

O animal recebeu alguns cuidados dos moradores da região onde ocorreu o acidente. Os cidadãos chegaram a amarrar uma tala no membro machucado e deram água e ração. No domingo, a esteticista Gleise Keller Assumpção saiu à rua para ver a apresentação da Esquadrilha da Fumaça e acabou se deparando com a cachorra acidentada, que estava abrigada ao pé de uma árvore. Os vizinhos contaram à Gleise o ocorrido. Segundo a esteticista, ela tentou entrar em contato com o Centro de Zoonoses, mas ninguém atendeu a ligação. Ela tentou também o Corpo de Bombeiros, mas não conseguiu ajuda.

Gleise conseguiu o auxílio do Instituto Vidadigna de Bauru, através da secretária Bábara Beatriz Schuler que resgatou a cadela e levou-a uma clínica veterinária. Ao mesmo tempo, Bárbara anunciou o caso na internet, em busca de um possível tutor da cadela.

Porém, como a cachorra demorou muito tempo para receber os devidos cuidados, ela não resistiu aos ferimentos e morreu na segunda-feira.

A atitude da motorista da moto, relatada pelas testemunhas, causou revolta na internet. “Que Deus tenha piedade desta horrenda pessoa”, foi um dos comentários sobre o fato. “Eu acho que isso é ignorância e falta de amor. Tudo bem que a pessoa deve ter ficado nervosa porque quase caiu da moto, mas nada justifica a violência”, diz Bárbara que já perdeu a conta de quantos animais resgatou na vida, em companhia da mãe Beatriz Schuler.

Se a motorista tivesse sido solícita ao sofrimento da vítima, ela poderia ter seguido algumas dicas sobre como prestar primeiros socorros à animais.

Infelizmente, atropelamentos é uma emergência comum no mundo animal. Este tipo de acidente pode vir a causar rompimento de órgãos, fraturas, hemorragias internas e lesões graves na coluna vertebral.

Fonte: Rede Bom Dia

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Suprema Mestra Ching Hai

SMCH+3

O prêmio de Compaixão Mundial foi concedido em reconhecimento às brilhantes conquistas da Agência em informar o mundo do

Suprema Mestra Ching Hai
Líder mundial humanitária

Líder mundial humanitária

Janine Borba

Janine Borba

Dizem que quem não gosta de samba bom sujeito não é, pois eu acho que quem não gosta de bichos bom sujeito não é! Eu que

Janine Borba
Jornalista e apresentadora

Jornalista e apresentadora

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: