ÚLTIMAS NOTÍCIAS:
  • Compartilhe

Texto

"Estava exausta"

Filhote de tigre órfã e faminta é resgatada em casa da Rússia

04 de janeiro de 2016 às 6:40

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Yuri Lashov/Sputnik

Foto: Yuriy Lashov/Sputnik

Uma filhote de tigre siberiano foi encontrada no extremo leste da Rússia. Procurando desesperadamente por comida, a fêmea de quatro meses de idade entrou no jardim de uma residência, onde foi tratada com agressividade pelos cães da casa, mas ao final foi salva. As informações são do RT.

Um dos cães se soltou de sua corrente e atacou o animal. Felizmente, o dono da casa conteve o cão momentos antes de ser tarde demais, disse uma porta voz de m centro de resgate e reabilitação do parque nacional Land of Leopard, ao TASS.

“Ela estava exausta e precisando urgentemente de cuidados médicos”, disse a veterinária do centro, Ekaterina Bridchenko. “Ela começou a se alimentar, e esperamos que esteja a caminho para a recuperação, mas é muito cedo para fazer previsões quanto à sua saúde”.

Tigresas normalmente dão à luz dois ou três filhotes a cada dois anos. Como regra, elas cuidam de suas crias durante esses intervalos. A taxa de mortalidade juvenil é alta, e cerca de metade de todos os filhotes não sobrevive mais do que dois anos, de acordo com a WWF.

A maioria dos filhotes de tigre em situação de abandono perdeu as suas mães para caçadores.

A equipe de funcionários do parque está procurando pela mãe da filhote e potencialmente por outros filhotes que possam estar à beira da inanição.

Os tigres siberianos, também conhecidos como tigres de Amur, já foram abundantes no leste da Rússia, no norte da China e na península coreana. Mas nos anos 40, a população quase se tornou extinta, caindo para menos de 40%. Nos últimos 10 anos, sua população finalmente voltou a aumentar e deve estar atualmente em mais de 540 animais, embora ainda seja um número pequeno.

No mês passado, um tigre siberiano chamado Amur ficou famoso após ter feito amizade com um bode, ao invés de comê-lo, conforme publicado pela ANDA. O bode não mostrou ter medo do tigre e até mesmo roubou a sua cama. O par tornou-se inseparável, comendo e brincando juntos no Far Eastern Safari Park.

O cinegrafista sul coreano Sooyong Park ficou tão impressionado com a rara amizade que decidiu fazer um documentário sobre a dupla.

“Essa história só mostra para todas as nações que os animais são mais espertos que os humanos – eles não têm e nem ódio uns pelos outros”, disse ele.

Foto: RT

Foto: RT

  • Compartilhe

  • Imprimir Imprimir
  • Comunicar Erro

Enviar para um amigo
Comunicar erro

eu apoio a anda

Gabriela Veiga

gabi

O meu apoio a ANDA é integral, de coração e alma, assim como eles são. A ANDA trata os direitos animais como eu acredito

Gabriela Veiga
Atriz

Atriz

Patricia Marx

patricia2

Sinto-me uma pessoa muito afortunada por ter encontrado pessoas tão bondosas neste mundo. Encontro-me hoje no lugar cert

Patricia Marx
Cantora

Cantora

Veja todos os depoimentos »

Facebook
Você é o repórter
Siga a ANDA: